Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Briga pela cama


Não tô mais deitando de barriga pra cima,
Não me abisma mais o escuro;
Bem talvez só um pouquinho.

Tampa da privada levantada
Porta da geladeira aberta
Toalha encima do ventilador
Copo no sofá, corpo no chão.
Cama como amanheceu,
E você nem percebeu
O quanto você faz falta,
O tanto de alarde faço
Para deixar de ser invisível.

Não tô mais dormindo,
Nem ouvindo Los Hermanos,
Mas tô vivendo;
Eu acho.
mário cardoso
Enviado por mário cardoso em 29/07/2005
Código do texto: T38748

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site http://recantodasletras.uol.com.br/autores/abelha). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
mário cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 31 anos
370 textos (14925 leituras)
3 áudios (241 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:34)
mário cardoso