Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema sintético

De amanhã
Até a eternidade
As idéias – todas elas
Serão cultivadas
Em laboratório.

Etiquetados, numerados
Cada tubo de ensaio,
Ou idéia sintética,
Como quiser,
Estarão disponíveis.

Modos e costumes,
Até o folclore,
Serão sintetizados
Em modernos laboratórios
Pelos melhores cientistas.

Nada que se compre
Em farmácia popular,
Nada de genéricos
Porque o Homem
Será também sintético.

O útero (o abrigo)
A gestação (amor materno)
A fecundação (obra de arte)
Darão lugar
Ao tubo de ensaio e manipulação.

Não se preocupe
O amor não morrerá
Só será sintético
E o Homem será
Sinteticamente completo.
Carlos Henrique Fernandes Gomes
Enviado por Carlos Henrique Fernandes Gomes em 22/02/2007
Código do texto: T389423
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Henrique Fernandes Gomes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 42 anos
111 textos (6432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/10/14 16:56)
Carlos Henrique Fernandes Gomes



Rádio Poética