Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FLOR E A COR

Um azul que  jaz
num  grande querer
a  mais não poder
de ser branco em paz.
 
Reflete  então
quão é refletir,
piorra de lumes
espectro de cores
em roda a fluir .
No ar  dos perfumes
profusão de flores
Ou cores de dores
no negro das guerras.
 
O negro é  só nada
da vida enganada.

 
Ferida a terra
junto às cores feias
do sujo das águas
erosão de veias
lavrado da ética
amor , que de mágoa
desveste a estética.
 
Solo de jasmim
na lira do ventre
terra engalanada
o chão oferece
ao verde, que entre,
em  broto abusado
barriga de frutos.

 
Filhos de outra lógica
na conta dos justos,
rosário sem custos
crias ecológicas
embriões de  sins
em polens ousados
sêmens de  jardins
 
 
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 31/07/2005
Reeditado em 16/11/2005
Código do texto: T39194
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11467 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:38)
Elane Tomich

Site do Escritor