Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Morte





Como uma chama ardente
Queima a vida... Fogo finito
No âmago da criatura
Consome-se, destruída brutalmente
Pelos desígnios maus ou benditos
E se apaga de repente com loucura

Triste do desenlace é o saber
Alma e corpo separados rudemente
Por um tempo que não se profetiza
Assim, o simples fato de viver
Tem na morte uma concorrente
Que ao libertá-la... Mais a escraviza!


Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 10/02/2005
Código do texto: T3941
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214528 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 19:16)
Priscila de Loureiro Coelho