Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda vamos nos ver



Acho que me sinto amada
sinto-me enamorada
sinto-me assim
e não resisto você
Reconheço a estrela
brilhando no espaço infinito
reluzindo esplendorosa
Parece-me tão bonito
buscar a lua formosa
que dengosa me atrai
me deixando esperançosa
Talvez seja mesmo verdade
Que nossa história não terminou
Quem sabe o que reserva o destino!
Talvez lá na eternidade
Onde ninguém ainda amou
Haja alguma divindade
Que num arroubo de bondade
una o que  separou.


Priscila de Loureiro Coelho
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 01/08/2005
Código do texto: T39521
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215232 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:27)
Priscila de Loureiro Coelho