Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM PUTO

UM  PUTO

 
 
 
 
Em França minha vida começou a melhorar,
de melhor em melhor.
Arranjei um trabalho  num jornal.
Mas descobriram no meu visto  algo ilegal,
e me deram 15 dias para sair.
Falei ao editor que tinha a idéia de ir a Portugal,
e a máquina se meteu em marcha.
No Brasil tinha revolução, que participei
à minha maneira.
Era um tal de mandar cartas enigmáticas por aí,
tudo para o SNI enganar .
Meus camaradas contavam que em todos
lugares havia farda  e castigo.
A rapariga com quem me tinha juntado,
ficou com um amigo.
Me meti a frequentar bailes portugueses,
para fazer novos conhecimentos,
talvez a mulher da minha vida.
Tudo ia pôr o melhor do mundo.
Às vezes dizia: - Ah! se fosse ao menos um puto!
Num domingo, uma rapariga fixou os olhos em mim
ao mesmo tempo em que a fixei.
Ela era muito sisuda, mas nos amamos,
e tudo ia no melhor do mundo.
Me faltava o português, melhor educação,
mas resolvi tirar carta de condução.
Compramos nova mobília para equipar
o novo apartamento comprado.Um prazer!
A vida estava a sorrir.Eu a meditar:
um provérbio diz "o amor faz viver",
"La vie continue comme un fleuve tranquille,
en franchissant des obstacles"!
Mas perdi o trabalho.No Chiado.
Desempregado  perdi o gosto à vida.
A minha amada, fazia todo cuidado,
para me elevar o moral; que era um chulo.
E eu não comia, não suportava a lida...
.
A minha amada dizia sempre. "Aclara
a valentia, porque o futuro
está à tua frente,se te depara".
Mas quem bateu de frente foi ela:
O carro bateu num oleoduto!
Morreu em meus braços,tal como gazela,
e nunca senti tanta vontade de ser um puto.
 
 
 
 
DON ANTÔNIO MARAGNO LACERDA
Prêmio UNESCO/poemas/jornal
www.jornaldosmunicipios.go.to
jornaldosmunicipios@ig.com.br
 
 
* Nota: "puto"em Portugal é criança.
 

 

 
DON ANTONIO MARAGNO LACERDA
Enviado por DON ANTONIO MARAGNO LACERDA em 02/08/2005
Código do texto: T39578
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DON ANTONIO MARAGNO LACERDA
Campinas - São Paulo - Brasil, 79 anos
55 textos (2587 leituras)
2 e-livros (95 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:34)
DON ANTONIO MARAGNO LACERDA