Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ouve a chuva...

Se chover,
Olha por onde escorre todo o encanto...
Segue as batidas leves pelos campos,
Persegue gotas a caírem sobre flores,
Vê a água a debruçar-se em outras águas...

Procura minha saudade em cada canto...
Acompanhando passos pelas ruas,
Sente que se perde como seiva sem destino
A molhar meu corpo sedento solitário...

Deixa, se puderes, que se derrame  o céu
E observa se agora o cinza cobre o azul.
Ilumina, então, a solidão sem luz
E tinge o infinito de cores como em véu.

Se vierem lágrimas brotando de ilusões,
Esconde, por mim, a dor sem esperança.
Escuta o ecos de tão pobres lembranças,
Ao ouvires soluços de minhas tristes emoções.

Se chover,
Não conta ao vento... ele está com pressa.
Não diz ao tempo... sou apenas passageira.
Mas ouve a chuva... ela é meu pranto...(IDA)
Ida Satte Alam Senna
Enviado por Ida Satte Alam Senna em 02/08/2005
Código do texto: T39698
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ida Satte Alam Senna
Santa Vitória do Palmar - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
111 textos (2723 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:21)
Ida Satte Alam Senna