Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Artifício




As águas representam  nossa mente
Que docemente deixa-se movimentar
O mar, em ritmo peculiar
Traduz em seu balanço, uma força sem igual!
Uma sensação de paz, calma e serenidade
Há um toque de encanto nesta passividade
Mágica fragilidade portentosa
Força que com delicadeza nos atrai
Água que purifica  quando vem e quando vai
De maneira sutil, mas ardilosa
Nossa mente desliza vagamente
Conduzindo-nos ao esquecimento
Perambulando pelas vias do alheamento
Na esperança de nos ludibriar
Mas a emoção entra em cena no momento
Exatamente quando a mente pensa triunfar
E se espalha em todo espaço, ocupando o pensamento
Que deseja do amor nos afastar
 






 

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 03/08/2005
Código do texto: T39839
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215246 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:17)
Priscila de Loureiro Coelho