Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suor

Enalteci a beleza da negra,
meu copo gelado da cerveja
vibrava em cima da mesa,
banhava o chão.
Um gole pro santo
não poupa oração.
Africaneando
como a boca carnuda da negra
que mordi com destreza,
seus lábios roxos
desfraguementaram
a cor da impressão.
Queimando em brasa
sem ventilação
a melanina
escorria pelo chão.
Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 03/08/2005
Código do texto: T40019
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:35)
Marco Cardoso