Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

novo engenho

to com a tristeza do lado
sentado no balcão deste bar
antes mal acompanhado
do que jurar amar.

perdi todas as esperanças na vida
bebo minhas frustações
um copo sujo de pinga,
raizada nó de cachorro
prendendo minha voz,
cada dia mais baixa
timida e escondida
cavucando um consolo
reviravolta suicida.

sem entender as placas que indicam
o rumo que tomou minha vida,
MAIS UMA RODADA PARA TODOS!
Sirvo minhas verdades
verdades mentidas com tamanho empenho
que até escorrem veneno,
mais um vicio,
vou morrendo
moido neste novo engenho.
Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 03/08/2005
Código do texto: T40032
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:08)
Marco Cardoso