Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos soltos

Saio
desta descompassada vertigem
inspiradora origem
seguindo a ponta do tema.

Caio
deste mergulho profundo
no buraco do mundo
queda livre de versos tolos.

Encontro
latas, metas e poetas
sentidos, brilhos e delírios
na simples metáfora de Gil.

Enlouqueço
a palavra que teço
sublimo sua força e transcendo
à vida de olhares desiguais.

Suspendo
a primeira visão
Contenho tudo e o nada
Salpicando todas as minhas emoções.
Pupila
Enviado por Pupila em 03/08/2005
Código do texto: T40047
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
657 textos (21088 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:07)
Pupila