Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE É SE SENSÍVEL

“O que é ser sensível? É não se ser feliz,. É estar-se sempre estupidamente exposto à dor.”



O ser sensível sente na pele a própria dor existente ou não.
Sente tudo,
O nada
O eterno conflito nascendo
E rompendo solidão.
Não sentir seria impossível nesta humanidade
Que vibra a cada momento
Em cada busca
Em cada encontro.
Não sentir seria negar
A própria vida.
Seria estagnar no nada
No vazio e inerte.
Seria a morte aparente.
A morte latejante e
Seriamos ambulantes do tempo
Num espaço sem ser vida.
Amar
mesmo sem sentir o que
é belo e puro.
Impossível não sentir quando existe
Em nós uma vida que jorra
Uma vida que clama
Uma esperança de dias melhores.
De um lugar
Onde o sol brilhe para todos.
Onde o grito calado
Sufocado
Deixe de ser um gritar mudo.
Oco e sem som.
É impossível deixar de sentir
Quando a nossa própria carne
Lateja e pulsa sangue.
Geme vida e pede um espaço
Para ser amor em tempo de paz.
Impossível não sentir
Quando deparamos
Com o tudo que é vida
Com a natureza
Com o verde que nos embriaga
Com a rosa que nos perfuma
Com as águas que saciam
A nossa sede e sensibilidade
E nos conforta com seus
murmúrios
Lentos e penetrantes.
É impossível não sentir
Se somos humanos
E principalmente gente.
Que vibra numa ária maior.
Não sentir seria
Morrer em cada canto
Em cada momento
Em cada partida
E cá estamos vivos
Em busca do encontro
Com o absoluto
Que é o sentir maior e mais profundo.


10.05.88***

 
   
 





 
 
 
ZEL
Enviado por ZEL em 01/12/2004
Código do texto: T402
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33941 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:30)
ZEL