Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhem para mim!

OLHEM PARA MIM

Olhem para mim,
Que o tempo tem razão
(hoje não!)
Há momentos
Em que o tempo pára
Como esta noite
Em que as estrelas do céu
Me falam de poesia.
E meus versos viram veleiro
Nada os impede de viajar
Levam no mastro dianteiro
Este Tejo Marinheiro
Este Tejo feito mar
E o mar Oceano vira poema
Leva consigo o meu versejar
Este Tejo Mar de Prata
Carregado de Luar.
Amo a poesia,
Preciso dela para respirar
Tenho no peito Lisboa
Levo comigo Pessoa
E a saudade para voltar.
E já fui na caravela
Viajei por outras Nações
Agora que regressei
Avisto da minha janela
Estas terras de Camões.

Olhem para mim
E vejam como sou feliz!
14-11-2004 23:36:31
Rogério M. Simões
Romasi
Enviado por Romasi em 04/08/2005
Código do texto: T40268

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romasi
Portugal, 67 anos
29 textos (3792 leituras)
9 áudios (510 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:38)
Romasi