Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

gueixa +

GUEIXA
Mesmo que não saiba as palavras
elas que me saibam ao sabor
que tu deixas em minha boca
gueixa abençoada do amor!
 
A nossa língua percorra
todas as partes com Arte
maior que o pensamento!
 
Neste momento eu queria morrer
só para beijar a tua boca,
 
coisa pouca... até morrer de amor!

+

NARRATIVA...
... hoje ainda não escrevi nada... e tenho um poema de ontem que me será até quando durar o mundo em mim e eu nele e não espero. Depois porque é uma poesia (GERAL, porque no amor há tudo, o Mundo, o Amor e tudo é substantivo, Tudo...) e não estou para pôr nos textos eróticos, não estou para rótulos! Se houver um provedor, faça favor... Depois porque já o endossei e agora sou dele leitor que foi autor e, para acabar esta narrativa, dizer que o enviei com Parabéns! Pronto, seja a narrativa um conto que acaba a começar: Era uma vez...
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 05/08/2005
Reeditado em 05/08/2005
Código do texto: T40477
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310497 leituras)
37 áudios (39566 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:23)
Francisco Coimbra