Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0028 - Invisível



Sinto-me invisível ao seu lado,
carinhos já não chegam ao meu corpo,
seu olhar está em outra direção,
algo aconteceu, em mim, em nós.

Talvez seja egoísmo, talvez peça demais,
sinto falta do sabor da sua pele,
do perfume que deixa na minha roupa,
daquele seu jeito menina de me tocar.

Tenho saudades da mulher, da amante,
das noites que ficávamos juntos,
apenas juntos, falando de nós,
uma última vez queria tocar seu rosto.
 
Ouço neste momento uma música no rádio,
fala de amor, de chegada, de paixão...
como não lembrar de você neste hora?
A paixão está em tudo, você ficou em mim.
 
Uma vez mais me chamaram de egoísta,
você quer tudo - me disseram - e quero...
Sem me sentir amado estou desistindo,
se voltar a me notar, talvez já seja passado.

29/10/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 12/02/2005
Código do texto: T4050
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116071 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 15:35)
Caio Lucas