Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0031 - Amor que vai chegar


 
Quando sozinho tudo parece grande demais,
juntos, o mundo cabe em um beijo
preciso falar de carinho,
mesmo que não me ouça,
ainda que me esqueça daqui a minutos.



Não tenho desejos, apenas sonhos,
nas minhas vontades desenho seu rosto,
as linhas de suas mãos que me tocam,
amor é um planeta que ainda não inventaram
li um pouco, escrevi um pouco e lembrei você...



Alguns antes, apaguei dos depois da minha vida,
outras mãos fazem falta ao meu corpo,
hoje escrevo errado nas linhas certas,
me empresta um pedaço de você?
Devolvo com um pedaço meu, qual quiser.



Espero mais um tempo, mas tem que ter carinho,
deitar lado a lado no tapete da sala,
segurar as mãos, fechar os olhos e falar baixinho,
dizer palavras fáceis, emendar pedaços soltos,
são meus poucos sonhos, antes de ser amado.



Não me ame devagar, não esta noite, quero força,
um furacão de sentimentos indo dos olhos a alma,
os brilhos das paixões não podem apagar-se,
então lembro de um amor que vai chegar,
não sei quando, não sei quem, apenas preciso.



30/10/2004

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 12/02/2005
Código do texto: T4054
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116055 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 05:46)
Caio Lucas