Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
FLOR SOLITÁRIA

Como uma flor já madura
retirada do galho
atirada no frio chão
só solidão

A espera do sol para se aquecer
da água para reflorescer
da lua para dar seu brilhar
e nos gravetos não se embaralhar

Sem raiz, caule, sem essência
como uma flor na ausência
a solidão experimenta
e da vida quase se ausenta

sobrevive por um milagre
ainda azedo como vinagre
assim fica a tentar a advinhar
o que da vida tem a ganhar

Que a chuva venha fazê-la renascer
trazer de volta o prazer de viver
que o pássaro a laçe
e com ela se enlaçe



sue2001








 
Sueli do Espirito Santo
Enviado por Sueli do Espirito Santo em 05/08/2005
Reeditado em 19/02/2014
Código do texto: T40553
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sueli do Espirito Santo
Santo André - São Paulo - Brasil, 65 anos
1456 textos (234534 leituras)
1 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:58)
Sueli do Espirito Santo