Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0033 - Janela do céu



Não quero te olhar da janela do céu,
tenho fome de seu corpo,
preciso, quero mais que um afago,
não olhe para o lado,
estou dentro, guardado no seu amor.

Sim, te amo...
Não sei até quando posso agüentar,
já gritei, escrevi entre as nuvens,
o vento desprezou e soprou seu nome,
a voz já não ecoa, está morrendo em mim.

Falta apenas o beijo da despedida,
escondi a esperança em um lugar secreto,
seu sentimento está acabando,
posso mil vezes dizer que te quero,
você não está notando que estou indo.

Quando um dia voltar aos meus braços...
Mesmo que agora seja apenas uma hipótese,
falarei seu nome aos ventos, da janela do céu,
continuarei escrevendo entre as nuvens...
Te amo... loucamente... te amo.

31/10/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 12/02/2005
Código do texto: T4056
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:19)
Caio Lucas