Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0036 - Adeus



Fixo meus olhos na foto em cima da mesa,
sua imagem marca tudo que tento ver,
queria saber quando vai partir da minha mente
ou quando voltará...

Não tenho corpos, apenas um,
os desejos viraram sonhos,
posso não ter cumprindo algumas promessas,
mais uma vez, lhe quero junto, minha.

Quando a paixão esfria no peito vem a saudade,
sobrevivi há muitas outros amores,
não este, não quero esquecê-la jamais,
mesmo que acabe aqui, ainda que não volte.

Noite passada, mais uma vez sonhei,
alguma coisa molhou meu travesseiro, não sei,
acho que meus sonhos são reais demais,
meu amor real demais e você real de menos.

Não quero mais saber se volta, vou esperar,
mesmo que jamais beije sua boca,
ainda que minhas mãos não toquem seu corpo,
ainda assim vai estar aqui, continuo lhe amando... Adeus.

31/10/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 12/02/2005
Código do texto: T4059
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:50)
Caio Lucas