Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0040 - Volta



Quisera saber novos caminhos do teu coração,
deixar minha ansiedade pelo meio,
ir sem volta, apenas ir,
até que um dia sejas realmente minha.

Quisera eu ter a força do amor que sinto,
sorrir com a alma que tenho,
andar pelos corpos que amo,
sem ferir, sem chocar, apenas amar, assim como te quero.

Queira-me assim, como e no mesmo tanto,
seguirás o mesmo caminho, a mesma paixão,
jamais buscará refúgio, serei teu abrigo, tua casa de amor,
então seremos dois, nós, amantes, apenas um e amor.

Queira-me somente uma vez, para sempre,
meu amor é único, te tenho sozinha em meu peito,
antes e depois do sono, te vejo única em meus sonhos,
então e só assim seremos amantes de nosso amor.

04/11/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 12/02/2005
Código do texto: T4063
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116071 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 05:42)
Caio Lucas