Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Heresia às almas gêmeas



Não há coisa mais sem graça,
Que namoro de alma gêmea.
Quando uma a outra abraça,
Qual é macho, qual é fêmea?

A que é univitelina,
Fruto da mesma centelha,
Tem a igual e triste sina
Da outra que se assemelha.

Beijar sua gêmea idêntica
Não demonstra romantismo.
Pra mim é prova autêntica
Do mais puro narcisismo.

Quero a minha diferente,
Pois, alma de igual pra igual,
É pra um tipo de gente
Que gosta da vida sem sal.

Prefiro as muitas surpresas
De uma alma inesperada,
Do que todas as certezas
Da gêmea predestinada.

Se achar a minha vagando,
À procura de um amor,
Diga que já estou amando
E fique com ela, por favor.
Rsanchez
Enviado por Rsanchez em 12/02/2005
Código do texto: T4076
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rsanchez
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 62 anos
19 textos (2055 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:24)
Rsanchez