Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

 

Pagã

 Rosa Pena
 
 
 

De amor não mais escreve,
muito menos fala.
Seu braço está com íngua 
O gato comeu sua língua
Aliou-se a esquerda... 
O  sindicato exigiu greve?
Minha voz 
Persiste em dizer:
 Nós! 


Meu coração ainda ferve
minha razão obtusa
afirma que nossa paixão vinga.

Por mais que você negue
Mente! 
Nem  Adão resistiu aos encantos
da serpente.
Vai...
Dá uma mordida na maçã!
Mais... 
-Abusa. 
 
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 01/12/2004
Reeditado em 23/06/2015
Código do texto: T409
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2004. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1417321 leituras)
48 áudios (24765 audições)
33 e-livros (29000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:21)
Rosa Pena

Site do Escritor