Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...E

... E quanto mais procurava
Mais distante eu me via
De minha grande verdade
Meu pensamento voava
O coração me batia
Em louca velocidade!

... E quanto mais eu buscava
Mais perdida me sentia
Vendo cair à vontade
Meu olhar se congelava
O sorriso me morria
Frente à impossibilidade!

... E quanto mais eu lutava
Mais o tempo se escorria
Entre os anéis da idade
Assim, meu mundo parava
Inerte, noite após dia
No ritmo da ociosidade!

... E tanto já me fartava
Esta enorme agonia
Uma dor, sem quantidade...
Que de repente eu gritava
Tão alto quanto podia:
- Onde está a liberdade?

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 12/02/2005
Código do texto: T4176
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214491 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 19:28)
Priscila de Loureiro Coelho