Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insônia...


Tens a cor do ardor!
Rubro tom, esplendor;
Verbo amor! Teus poros... sinto os aromas;
Exalando a mim, odor de ostras.

Que delirante insônia me persegue!
Roupas jogadas, abandonadas no chão;
Sós...nutridas pelas esperanças entregues
Cama fria na ânsia desta paixão.

O corpo suado, sustido pelos sonhos;
Maligna noite, tão extensa!
Deixa olhos de carícia abatidos
A espera da manhã, a carne tensa.

Sombras silenciosas, a respiração, teu cheiro!
Sinto-os quase presentes
E nesta aparência, há um pesar e a certeza:
Do amargor ao perceber na manhã, que estás ausente.

10/08/05
LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 10/08/2005
Reeditado em 09/01/2006
Código do texto: T41771
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (158642 leituras)
2 áudios (428 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:29)
LuliCoutinho