Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da saudade que trago e tenho...

Da saudade que trago e tenho
Sem lamentos de breves instantes
Páginas passadas que ficam
Apenas lembranças, ruins ou boas
Do tempo que tenho e trago
Aridez de tantas lutas
Vencidos e vencedores se perderam
Na diversidade da tal natureza

Das paixões que trago e tenho
Valores imutáveis e distintos
Um amor de longa data
Entre outros a muito findos

Da solidão que tenho e trago
Fica pelos estragos do que não fiz
Sem ter muito que arrepender
Como a Lua que troca o olhar feliz

Das alegrias que trago e tenho
Esperança e paz incontida
Como a tez de quem navega sempre
Se aventurando no bom da vida

Do que me falta, tenho e trago
O brilho do dia seguinte
Por estar sempre bem vivo
E da boa música ser ouvinte

De tudo que tenho, o coração reflete!
Sempre seguir em frente!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 12/08/2005
Código do texto: T42173
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:29)
Peixão