Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE QUERIA UM TEMPO DE NÃO SER





 
Hoje queria um tempo que nada sentisse,
que esse coração não doesse tanto,
que o passado não viesse a tona
na calada da noite
trazendo teu olhar perdido
numa imensidão impenetrável.
Nada quero sentir,
mas você é vivo ainda em mim
em saudades imensas
em loucuras cometidas
em renuncias por nada
apenas pela nossa infelicidade
e desintegração de um amor que foi lindo.
Eu joguei fora o meu grande amor
por nada, pensando em tua felicidade
e tardiamente vi que foi o maior
erro de minha vida
e isso carrego n'alma doloridamente
e hoje a dor chega lento,
machuca esse coração
que bate descompassado

zelisa camargo
ZEL
Enviado por ZEL em 01/12/2004
Código do texto: T423
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33936 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:14)
ZEL