Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


CHAMEM UM INCENDIÁRIO (E NÃO O BOMBEIRO) 

Caixas e gavetas,
metades de livros velhos: 
retratos ociosos,
terrenos perigosos.
Paisagens de sonho
do ontem.
Pesadelo do amanhã.
Abri-los é risco.
Caixas de Pandora.
Bombas nucleares.
No cogumelo
baila a poeira
assentada
das mágoas enterradas.
Bilhetes e cartas antigas
esquecidas nestes abrigos
abrem feridas cobertas
por esparadrapos velhos:
a cola está pouca
e as escaras ressurgem.
Nesses casos
a receita mais sábia
é chamar um piromaníaco.


Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 13/08/2005
Código do texto: T42485

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:48)
Débora Denadai