Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMA DE POETA

Procuro a inspiração,
Procuro o mote,
Procuro a palavra,
Mas nem um só verso nasce.

De repente e sem aviso
Procuro o lápis e papel,
E escrevo em corrido
Como que um automato.
 
Depois olho aquelas letras,
Releio aqueles versos,
Ponho as pontuações.
 
E, minha alegria desperta
Pois agora sei, que a minha alma
Comanda o meu corpo.
Victor Jerónimo
Enviado por Victor Jerónimo em 14/08/2005
Código do texto: T42602
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Jerónimo
Recife - Pernambuco - Brasil, 67 anos
82 textos (5697 leituras)
4 e-livros (176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:15)
Victor Jerónimo