Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da tímida ousadia...

Da tímida ousadia
Par e passo, compasso
Um brilho que se emana
Do olhar que segue a risca
Sem embaraço quando te beijo
Feito, rasgo traço largo
Para em afagos constantes
Fazer-te, para se perder de vez
Na lira que te toma amante
Nessa nua e devassa noite.

Ouse sempre!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 14/08/2005
Código do texto: T42628
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:23)
Peixão