Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estandarte e o Solista

Vista da bruma alheia
Mar de outras glebas
De bandeira em punho
Desfralda alma guerrilheira

Alardes em tons de vermelho
Cantigas de norte a sul
Coração que ruge insano
Corre garça pantaneira

Varados em Caldas de Chaves
De volta para essas de Novas
Que de águas que se banham
Arrefecem as dores do peito

Partido daquele Rio
Com a nau frente as Quintas
Seja qual mês, janeiro for
Entre uma Rosa e uma Limeira

Açoites latinos ao intruso
Que põem algumas palavras
Pequenas trovas em riso
E tirar um novo sorriso e um beijo

Pagão de intruso, galego marujo
Por carinho e compreensão
Há quem fala da amizade
Cá, esta peste, pelo coração

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/08/2005
Código do texto: T43015
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:15)
Peixão