Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A gota cristalina que transborda



A gota cristalina que transborda
O resto da paciência torturada
Pode não ser lágrima
Pode não ser água
Mas é de certeza mágoa
Magoada…

Transborda gota cristalina,
Irrompe felina
Dos olhos que te prendem
Lava-me a cara de sal
Liberta-me do mal
Que te gerou
Quem sabe assim
Possa voltar a ser
O que penso que sou

Cristalina, a gota transbordou

Vestiu-se de carinho
Maquilhou-se de ternura
Juntou um pouco de amor
Acho até que trazia, disfarçada,
Um pouco de paixão antiga
Esquecida na poeira da mente
E seguiu o seu caminho

Não me perguntem por onde andou
Nunca mais senti
Libertou-se de mim
Se calhar atirou-me pela borda
E nem isso eu aprendi
Nunca mais vi
A gota cristalina que transborda

Ressoa
2002-05-20
ressoa
Enviado por ressoa em 17/08/2005
Código do texto: T43162
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ressoa
Portugal, 67 anos
72 textos (1880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:41)
ressoa