Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGORA



Agora, diz-me tudo o que quiseres
Agora, é o momento de sentir
Agora, não desfolho malmequeres
Agora, é o instante de sorrir

Agora, é uma pressa que tu queres
Agora, é outro passo no porvir
Agora, é outra seta que desferes
Agora, nem me chegas a ferir

Agora, já passou, já é futuro
Agora, foi o tempo que perdi
Agora, se quiser, posso ser puro

Agora, não importa o que vivi
Agora, já não posso ser mais duro
Agora, já não sei viver sem ti


Ressoa

Direitos reservados João Moutinho Sócio da SPA - Sociedade Portuguesa de Autores
ressoa
Enviado por ressoa em 17/08/2005
Código do texto: T43172
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ressoa
Portugal, 67 anos
72 textos (1880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:56)
ressoa