Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Travessia de um ilusionista

No meu pensamento
a rima das cores faltosas
não encontra palheta que descreva
o fundo de minha memória

d´alma antiga

mendigada
por restos de sonhos dispersos

Canto de entre-vidas
sopram ilusões nas brisas-tardes

É vão o mover da realidade cênica
aquém do que possa a ninguém enganar

E engana

Com tanta gana que incita
a leviana turba
comprazer-se em dionisíacas esperanças ocas

A quem serve o fim de todas as coisas,
aradas em terras indefinidas
se em prantos postergas
o grito do sol abstrato?

Faço com a verdade
o que faço com as minhas cores invisíveis

Cama de fogo
queima meu descanso final
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 18/08/2005
Reeditado em 18/08/2005
Código do texto: T43448
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:30)
leandro Soriano