Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Torto




 


Minha vida é um poema torto
Literalmente mal acabado
Não tem rima nem métrica
Nem compromisso com a retórica

Feito de palavras soltas
Rabiscos mal delineados
Rasguei toda a dialética
Naveguei pelo infinito da solidão e
escrevi devaneios

Aglutinei aos dias brancos
metáforas azuis para enganar a dor
Deixei fluir todos os sonhos impossíveis
neste mundo sem cor

Juntei rimas alternadas e cruzadas
porém nada se encaixou
Escondi-me atrás dos versos
Pisei uma flor



Passado e presente entrelaçaram-se
No  fundo do túnel
encontrei um futuro sem  sabor
Não engravidei o amor

Machuquei as folhas do tempo
As joguei ao vento
Nada sobrou
A não ser este triste poema !

12/09/2002




 
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 18/08/2005
Código do texto: T43557
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:34)
Zena Maciel