CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto



O cravo brigou com a rosa
Debaixo de uma sacada,
Mas quem falou que a foi a rosa
Que saiu  despedaçada?
 
Pra curar dor de amor
Não existe melhor medicina
Que um decote tentador,
Curtir a "nigth"com as amigas.
 
Salto alto, maquiagem
A nossa maldade impera
Superioridade feminina,
De abalar a atmosfera...
 
Depois é só postar as fotos
Em todas as redes sociais,
E mostrar pra esses cravos
Que as rosas podem mais!
 
E se o cravo ficar doente
Até merece uma visitinha....
Você se faz de inocente
E ele se faz de "pobre vítima"...
 
Se o cravo tiver um desmaio
Sem  essa da rosa chorar!
Dá beijinho, faz carinho
Pro cravinho acordar...
 
Depois  é só fazer as pazes
Nada de apontar o culpado!
Faz charminho, apaga a luz
E o resto fica censurado... (Rsrs)



 
 
Uma forma que encontrei de homenagear nossos queridos cravos! Não deixa de ser uma homenagem né? rsrs!
FELIZ DIA DO HOMEM!!! 
 
 
 
Dora Estrela
Enviado por Dora Estrela em 15/07/2013
Reeditado em 23/07/2013
Código do texto: T4388055
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Dora Estrela
Fortaleza - Ceará - Brasil
448 textos (40508 leituras)
1 áudios (324 audições)
19 e-livros (3270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/14 12:29)