Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paradoxo

Paradoxo
(escrito após ler Conflitos de Bhall Marcos)



O tolo olha
O sábio acena
A água molha
O fogo queima

O tolo grita
O sábio escuta
O ar agita
A terra educa

O tolo chama para si a atenção
O sábio conquista respeito
O sentir deseja a satisfação
A razão busca o melhor jeito

O tolo acha que tem sempre a razão
O sábio reconhece seu limite
A boca não cessa a movimentação
Os olhos silenciosos tudo assiste

O tolo chora a injustiça de seu sofrimento
O sábio agradece todo ensinamento
O tolo julga-se fora da multidão
O sábio compreende o valor da união.

O tolo usa e abusa do preconceito
O sábio se norteia pelo direito.
E assim caminha a humanidade
Perdida entre tanta ambigüidade.









Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas












Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 20/08/2005
Código do texto: T43981
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215214 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:27)
Priscila de Loureiro Coelho