Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primavera Estuprada

 
Rasgaram o útero do dia
Macularam as fantasias
Com o  ópio da poesia
estupraram a primavera
 
Abortaram as quimeras
da verde estação
Torturaram as belas flores
que sonharam com
impossíveis amores
vestidos com o véu da ilusão
 
 
Sobre o panteon da dor
Azaléias tristes e aflitas
aos deuses suplicaram
uma gota de compaixão!
Apelo em vão!
 
 
Sangraram-lhe o coração
com o punhal da tirania
para aplacar a rebeldia
desta agonia em erupção
 
 
Que venha agora o inverno
mesmo com o frio do inferno
que congele para sempre
a negra desilusão
 
 
Ressuscite o fogo
ardente do verão
Cubra com o manto santo do amor
Desabroche  uma nova flor
que dure o tempo que preciso for!
 
 
09/02/2005
 
*************
 
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 20/08/2005
Código do texto: T44053
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:42)
Zena Maciel