Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olvidadas tertúrias, alabastros na via...

Olvidadas tertúrias, alabastros na via
A fumaça busca pela fresta
Penetrar ao alcance da tarde
A brisa gélida da tarde chama
Em gelados pingos que correm paredes
Um luminoso vai dizendo na chegada
Que aquela janela vai ser conquistada
De teus tremores, farei calor
Os lamentos da espera, serão esquecidos
Dia e noite em brilhos constantes
Com novos aromas percorrendo salas
E de falas secretas, viram outros anúncios
Como o pulsar do coração
Lustros nos cristais formados
Alegrias em cada beijo recebido
Chega de chorar aos cantos com a solidão
Hoje é um bom dia para começar amar de novo!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 22/08/2005
Código do texto: T44425
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:58)
Peixão