Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONSELHOS



Sou um sol quase apagando
Dormi demais e não quero despertar
A brisa da manhã sopra ao meu ouvido
“Vais, levanta que a vida é bela”.
 Todos estão a esperar por ti!
Sai do teu claustro escuro,
Abres tuas asas como as borboletas
Cometas amor ou sandices,
Vivas todas as tuas criancices
E não te esqueças de ser feliz!

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 15/02/2005
Código do texto: T4451

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (915601 leituras)
16 áudios (8876 audições)
311 e-livros (34052 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 08:43)
Denise Severgnini