Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESMEDIDO!

Pediste tanta atenção
Dei-te imenso carinho
Pediste mais urgência
Segurei o veloz tempo
Pediste mais freqüência
Estive sempre presente
Pediste ser mais firme
Dei-te mais que amor
Pediste sempre tudo
Fiz todo o impossível
Pediste mais do mundo
Virei tudo do avesso
Quando pedi que me compreendesse
Se vira e me chama de insensível
Quando pedi que me apoiasse
Me aponta as responsabilidades
E do pouco que pedi
As avessas não mais me acreditas.

A noite suspira em solidão!

Peixão89
(16/11/2003 17:46:05)
Peixão
Enviado por Peixão em 24/08/2005
Código do texto: T44676
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:07)
Peixão