Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0058 - Histórias de amor

 

Não sei contar outras histórias de amor,
nenhum homem vive sem uma mulher,
descobri que não conheço nada de paixão,
sei de uma mulher, uma única mulher.

Disse coisas de amor ao meu espelho,
sim, ela me reflete, é minha metade,
falei palavras obscenas, palavras doces,
cada uma era de ataque e todas eram de amor.

Pressinto a paixão no teu sexo, nas tuas mãos,
não somos seres comuns que fazem amor,
não sei quanto custa ao coração,
pago teu preço, meu preço, a paixão.

Escreverei na carne minha despedida amanhã,
esta noite quero homem, mulher, e nossos corpos,
não tenho costume de pedir paixão, hoje peço,
quero tudo que teu corpo tem, te dou o meu, todo ele.

Se não me vires outra vez, lembra-te das minhas palavras,
fiquei livre preso a ti, me senti teu;
quando chorares, que as lágrimas sejam de saudades,
estarei perto, dentro, junto, mesmo invisível aos olhos.

27/11/2004

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 15/02/2005
Código do texto: T4473
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:06)
Caio Lucas