Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visões

Eles querem novos olhos,
nós só temos novos medos
E dentre tantos segredos
não há sentido em mentir

Quando viram nos meus olhos
Que poderia ser diferente
Não quiseram mais ser gente
Não quiseram mais ser maus

E eu só tinha alguns versos
Rabiscados em algum canto
Sem vergonha e sem encanto
Puseram-se a declamar

E eu já nada entendia
Não havia sintonia
Tantas visões distorcidas,
Tanto receio nas medidas

Mas então se esqueceu a métrica
Os sentidos e os destinos
Eram apenas presságios...
Seguindo seu próprio curso
Na confusão deste discurso
Sem saber como terminar

Apenas visões distorcidas
Nem caminhos, nem medidas...
Nem verdades, sem saídas...
Uma nova desculpa para escapar
Lua Minguante
Enviado por Lua Minguante em 24/08/2005
Código do texto: T44794

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lua Minguante
Mococa - São Paulo - Brasil, 26 anos
53 textos (9867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:43)