Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prisma

Já atravessei muitos desafios. Mas nenhum deles fez-me muito diferente do que sou. Só um pouco mais humilde, talvez. Eu, como uma planta ornamental, a Murta, entregue às paixões de olhos atentos em mim. E sempre foi assim. Desde a minha primeira  infância, quando Deus fazia com que o tempo andasse mais calmo e simples. E hoje aqui estou. Criança sem trança, sem compreender a distância entre o amor e o ódio. Como Hefesto e Afrodite, a disparidade habita em mim.
Não me sinto no direito de demarcar o meu destino, mas ornamentar tua face com minhas mãos eu posso. Até que a poeira abaixe e eu aprenda a amar melhor.


Kika Cardarelli
Enviado por Kika Cardarelli em 25/08/2005
Código do texto: T45058
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kika Cardarelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
32 textos (12936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:13)
Kika Cardarelli