Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lusco-Fusco


Estende-se no ardente seio do vale,
Onde o vento suspira docemente,
Um rubor elanguescido, dolente,
Fiel esposo dos vastos plúmbeos céus!...
 
Estrelinhas pirilampam nos véus
Lusco-fuscos de um olhar eloquente,
Encaminhando-me à luz do ocidente,
Minorando o meu desmaiado xale...
 
Guardo, timidamente, a mia poesia
Encanastrada em pios de nostalgia
Que acompanham o negro pululante.
 
E antes que surja o meu pascácio dia,
E a saudade me aperte o peito arfante,
Deito a minh'alma num Céu Rubro e ovante!
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 16/02/2005
Reeditado em 16/02/2005
Código do texto: T4510

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 51 anos
87 textos (6700 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:06)
Cristina Pires