Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mosaico

Alçar vôo no espaço
um novo horizonte se delineia por tras das sombras de agora

E agora, o que fazer?

Os dias passam
e me recuso a enxergar o óbvio:
às vezes é complicado saber
o que temos em nós.

O medo de nos ver
é maior que a vontade de saber
o que verdadeiramente somos.
Se por nao acreditar que
realmente assim o somos,
ou se os acontecimentos assim nos trazem.

Me faço soturno diante do que nao conheço...
espelhos me deixam soturno.

E há quem se deixe atrair, e ajudar
por esse ser que nao entende como consegue
ajudar sempre o outro sem nunca seguir a diante.

Sempre tão forte e tao seguro aos olhos dos outros
e tão perdido e só dentro de si.
Que força é essa que atrai e repele?
Quem poderá saber o tamanho do sofrer
oculto na aparência plácida?

A quem um dia realmente se revelou
sem as mascaras de como se quer que o veja?

Se algum dia realmente ja se mostrou.



Lyma
Enviado por Lyma em 25/08/2005
Reeditado em 20/09/2005
Código do texto: T45149
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lyma
Salvador - Bahia - Brasil, 39 anos
58 textos (3102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:34)
Lyma