Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Titanic
Nos cais por quais passo
no estreito compasso
deste amor.
São luzes, são cruzes
que cruzam o espaço,
que abrem-se os braços,
para o naufrágio da dor.
Estou embebida, neste
imenso oceano de
seus olhos me olhando.
Estou nauseando
nas ondas que embalam
a solidão que vai dominando.
Já vou mergulhando
na nau de seu corpo
que vaga na noite
a procura de amor.
Na proa da vida
já sou doação
e grito sem medo
em timbres tão altos
se salta, eu salto.
Alaide Santos
Enviado por Alaide Santos em 26/08/2005
Código do texto: T45334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alaide Santos
São Paulo - São Paulo - Brasil
58 textos (5148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:29)
Alaide Santos