Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Verdade Seja Dita

Verdade seja dita
Que nem toda poesia
É tão certa tão medida
Como o poeta a queria
Seus versos tão pensados
Com difícil palavreado
Ficará tão bela assim.

O sentimento que vem do fundo
Tão singelo tão fecundo
Nunca sabe o que falar
Mas há razão pra tentar explicar
E os sentimentos que não se traduzem
Quando aquelas mulheres te seduzem
Você não consegue nem respirar.

Verdade seja dita
Que não há poesia repetida
Rimas podem ser iguais
Mas os sentimentos jamais
A intenção é sempre outra
Se eu beijo a sua boca
Várias e várias vezes
Nunca será a mesma coisa
E depois de vários meses
Aquele poeta ainda vai lembrar
Dos versos que aquela mulher os fez criar.
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 28/08/2005
Código do texto: T45796
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42665 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:50)
Miguel Rodrigues