Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PREENCHENDO ESFERAS!

Piloto vadio de nau escura
Em variante rota no mar de dentro
De vagar constante, camisa aberta
Aporta em cada Ilha, cerrem as velas

Veia latina arredio observa
Sinais vindos da janela
Um coração que pulsa firme
Cava entre sedas, noites e dias

Das veste que tem, largo sorriso
Retorno espera, lágrima contida
Alegria que lateja em sinal vindo
Pirata danado que te rouba o coração

Feito pássaro dardeja pela ar
Tira de tua boca o mais profundo beijo
Arqueja por tua fremência
E se larga aos despojos de tua volúpia

Sorri ao dia, brinca com a noite
Festins com os deuses do amor
Esfrega tuas costas em banho morno
Aviva a pele com seus doces trejeitos

Com a âncora esticada em tempo indeterminado
Vai vagar pelas vias do teu prazer
Afagar teus mais fluídos anseios
Tomar teu fôlego por dias a fio

Você até escuta o chamado do mar
Olha as estrelas, as cores e a Lua
Se põe entre a porta lépida e nua
Para inspirar o pirata a ficar

Descanse mais um momento!
Sim minha doce amada!
Ele vai se amotinar, pensa ainda
Incorrigível navegador destes oceanos

Tenho uma bandeira estancada em tua porta
Um Jardim que me encanta e deleita
A tua visão que me acalma e ama
E um ardor que não me cansa de te amar.

Navegamos por um amor muito intenso!

Peixão89
À amiga Rose Mary Sadalla por "Não te esperava".
Peixão
Enviado por Peixão em 30/08/2005
Código do texto: T46134
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:42)
Peixão