Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sal da Vida



 
Visto-me com os versos tristes que escrevo
pelo simples prazer de poetar
Pássaro em vôo aberto
buscando sonhos de papel,no crepúsculo da alma
Na dança das horas pincelo as palavras
com as cores  plúmbeas
que ditam o coração
Envolvo-me com o néctar suave da saudade
para sentir a fragrância de antigas primaveras
Transporto-me no barco do tempo
Navego no submundo da dor à procura
da minha flor de lótus
Sou rei,sou rainha
Sou escrava e sou senhor
Sou dona de mim
Do meu tempo e da minha história
Sou um ser com sede de infinito
em busca do útero do mundo
e do sal da vida
 
11/02/2004
 

 
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 30/08/2005
Código do texto: T46333
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:35)
Zena Maciel