Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ALMA DO POETA

Lágrimas nos versos
De um poeta solitário
Desejos diversos
Guardados no armário
Risadas quando escreve
A alegria que ele descreve
Uma tarde ensolarada
De um domingo de verão
Saudades que ficam no coração
Vontade de voltar
Vontade de falar
Aquilo que não foi dito
Os sonhos que não foram tidos
Antes e agora aparecem todo dia.

A alma do poeta não se desfaz
Não morre e nem é perdida
Ela amadurece a cada poesia
A cada verso, a cada estrofe
Mas o poeta não usa versos para amar
Ele ama e faz versos do seu amor.

Há sangue nos versos
Há lágrimas nos versos
Há sofrimentos nos versos
Há felicidade nos versos
E há também a alma nos versos.

16/10/2002
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 30/08/2005
Código do texto: T46378
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42674 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:25)
Miguel Rodrigues